Cone investe na gestão dos efluentes

Estação de Tratamento
Estação de Tratamento

O crescimento econômico e a retomada da indústria de saneamento no País fez surgir alternativas ao serviço público, e cada vez mais condomínios e empresas privadas optam por tratar seus próprios efluentes. É o caso do Cone Suape – Condomínio de negócios. A empresa, instalada no Complexo Industrial de Suape (Cabo de Santo Agostinho), construiu sua própria estação de tratamento de esgoto, obedecendo à legislação e à necessidade da empresa, que entende que promover uma destinação correta dos resíduos gerados deve ser uma preocupação por parte de organizações.

O tratamento abrange todo o esgoto sanitário produzido na plataforma. Nada vai para estação da rede pública. O equipamento, apesar de privado, sofre fiscalizações regulares da prefeitura.

O investimento no sistema, com capacidade para tratar 6 m³/h, foi de aproximadamente R$ 581.950,00. E a água resultante do tratamento é utilizada em irrigação de jardim. “Temos três ETEs, sendo que duas atendem o Cone Multimodal e a terceira atende o Plug & Play 2, departamentos independentes dentro da plataforma”, explica Fábio Augusto Nardi, coordenador Administrativo e Serviços do Cone Multimodal.

Ilha Ecológica

Aliado às ETEs, a plataforma dispõe de uma Ilha Ecológica para aproveitamento dos resíduos sólidos gerados em toda a plataforma. “Funciona como uma estação de coleta seletiva e reciclagem, e ocupa uma área de 200 m² dentro do complexo empresarial”, atesta o executivo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s